Ínicio / Futebol / Com portões fechados, Flamengo volta a tropeçar e fica no empate contra o Santa Fé

Com portões fechados, Flamengo volta a tropeçar e fica no empate contra o Santa Fé

Rubro-negro chegou aos cinco pontos no grupo pela Libertadores.

Com uma atuação muito ruim após excelente início, o Flamengo mais uma vez tropeçou em casa nesta Libertadores. De novo jogando com portões fechados, o time de Mauricio Barbieri se livrou de vaias que ouviria dos torcedores no Maracanã após o empate em 1 a 1 com o Independiente Santa Fé-COL, gols de Henrique Dourado e Morelo, na única chance clara dos colombianos. Pelo menos o Rubro-Negro segue líder do Grupo 4, com cinco pontos, só que fará mais duas partidas fora de casa e apenas uma no Rio.

Ainda embalado com a festa da torcida no treino da véspera, o Flamengo começou avassalador. Diego tabelou com Paquetá, mas chutou para fora cara a cara com o goleiro, aos 3. Pressionando um adversário perdido e que não conseguia sair da defesa, o Rubro-Negro abriu o placar aos 7, em escanteio em que Henrique Dourado aproveitou a falha do goleiro para fazer 1 a 0 na pequena área. E poderia ter saído mais. Em outro escanteio, a bola sobrou para Juan, que chutou em cima do goleiro colombiano. Num lance de dois toques na área, Diego teve uma grande chance, mas a bola desviou na zaga e foi a escanteio.

Estava fácil, mas o Flamengo parece ter se desconcentrado. Perdeu a intensidade e o Santa Fé passou a marcar com mais força física e a jogar. E, na única chance dos colombianos, saiu o empate: Diego perdeu a bola, Plata passou com facilidade pela defesa e cruzou para Morelo marcar, aos 30. O artilheiro da Libertadores fez o oitavo gol dos dez do Santa Fé na competição.

O Flamengo entrou mais pressionado no segundo tempo e teve dificuldades para se achar em campo. Sem criar chances, o técnico interino Mauricio Barbieri tirou Dourado e Éverton Ribeiro para colocar o jovem Lincoln e Willian Arão. Os dois titulares saíram irritados.

O time seguiu sem fazer jogadas e teve chances claras em escanteios, graças a saídas erradas do goleiro Zapata: Vinicius Junior isolou a bola; Lincoln chutou e a zaga afastou em cima da linha; Paquetá cabeceou e Soto tirou de novo rente à trave. Só no fim voltou a acontecer uma jogada de perigo. Diego teve ótima chance, mas Zapata defendeu com o pé e a bola passou perto do travessão.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 x 1 SANTA FE

Local: Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), Rio de Janeiro-RJ

Árbitro: Andrés Cunha (URU)

Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Nicolas Taran (URU)

Cartões Amarelos: Cuéllar (Flamengo); López, Soto (Santa Fe)

Cartão Vermelho: não houve.

Gols: Henrique Dourado aos 8′, e Morelo aos 30 minutos do primeiro tempo

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Juan, Réver e Renê; Cuéllar, Everton Ribeiro (Willian Arão), Paquetá, Diego e Vinícius Jr. (Geuvânio); Henrique Dourado (Lincoln). Treinador: Mauricio Barbieri.

Santa Fe: Zapata; Arboleda (Giraldo), López, Tesillo e Gil; Gordillo, Perlaza e Vargas (Soto); Pajoy, Plata (Henao) e Morelo. Treinador: Agustín Julio.

Fonte: Jornal O Dia

Além disso, verifique

Flamengo derrota o Corinthians em São Paulo e volta a sonhar com o título do Brasileiro

Lucas Paquetá foi decisivo na vitória carioca. O flamengo derrota o Corinthians em São Paulo após ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *