Ínicio / Cidade / Chuvas deixam Rio de Janeiro e região serrana em estágio de atenção

Chuvas deixam Rio de Janeiro e região serrana em estágio de atenção

Os rios Inhomirim e Capivari estão em estágio de atenção.

O Rio de Janeiro registra chuva intensa desde a noite de ontem (7) e está em estágio de atenção desde as 19h35. Em apenas uma hora, entre 20h15 e 21h15, a estação pluviométrica da Barra/Barrinha, na zona oeste, registrou 50,6mm.

Defesa Civil de Magé opera em vigilância constantes, fiscalizando encostas em todos os distritos da cidade.

De acordo com o Alerta Rio, a previsão para o dia de hoje é de tempo instável na cidade, com céu encoberto a nublado, chuva fraca a moderada de manhã e pancadas de chuva a partir da tarde. Há chances de rajadas de vento moderado a forte, principalmente à noite. A temperatura máxima prevista é de 28°C e a mínima de 19°C.

Região Serrana tem mau tempo

Cidades da Região Serrana estão em estágio de atenção desde quinta-feira (4)  e no sábado houve deslizamentos sem vítimas em Teresópolis, Nova Friburgo e Trajano de Moraes.

Segundo o sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), na região hidrográfica do Rio Piabanha, os rios Paquerer, Meudon, Fisher, Príncipe e Quebra Frascos, todos em Teresópolis, estão em estágio de vigilância.

Já os rios Quitandinha, Palatinado, Piabanha e Cuiabá, em Petrópolis, têm estágio de atenção. Várias estações pluviométricas da cidade registram acumulado na faixa de 20mm de chuva nas últimas 24 horas, chegando a 41mm na estação de Araras.

Em Nova Friburgo e Bom Jardim, os rios monitorados pelo Inea estão em estágio de vigilância, sem registro significativo de chuvas nas últimas 24 horas.

Chuvas afetam outras regiões

Na bacia da Baía de Guanabara, o Rio Saracuruna, em Duque de Caxias e Magé, na Baixada Fluminense, está em estágio de alerta, com acúmulo de 29mm de chuva nas últimas 24 horas. Os rios Inhomirim e Capivari estão em estágio de atenção.


Magé/Online.com 

 

Além disso, verifique

A mídia desesperada de Magé. Blogs a desserviço da população.

Clima eleitoral desvia foco de informações e tornam blogueiros cabos eleitorais remunerados de interesses unilateral. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *