Ínicio / +Esportes / Em silêncio e sem protestos, Flamengo desembarca no Rio após vice

Em silêncio e sem protestos, Flamengo desembarca no Rio após vice

Terminar o ano apenas com a conquista do Carioca seria um resultado muito aquém dos investimentos feitos pelo Rubro-negro.

397

Por questões de segurança, o Flamengo foi orientado pela Polícia Federal a desembarcar no Rio pelo terminal de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão. E assim o fez, no início da manhã desta quinta-feira, após perder o título da Copa do Brasil para o Cruzeiro. O esquema montado de forma preventiva, porém, constatou com a ausência de torcedores no local para protestar.

Às 5h15, o meia Diego, que desperdiçou uma cobrança na disputa de pênaltis, foi o primeiro a aparecer. Acompanhado da mulher, foi escoltado por seguranças até entrar em um carro particular, sem dar entrevistas. O mesmo aconteceu minutos depois com o atacante Guerrero e o meia Lucas Paquetá, sempre em silêncio.

A maior parte da delegação deixou o aeroporto em dois ônibus protegidos por vidros escurecidos, um deles o tradicional veículo personalizado com as cores rubro-negras. No outro, estava o técnico Reinaldo Rueda, sentado no banco da frente, com o semblante fechado. Os garotos Léo Duarte, Vinicius Júnior e Matheus Sávio foram embora juntos, em um carro particular, após a saída dos ônibus. Já o goleiro Alex Muralha deixou o local sem ser visto.

Depois de ter fracassado na Libertadores e ter visto o Corinthians disparar na liderança do Campeonato Brasileiro, o Flamengo apostou suas fichas nas competições mata-mata. Mas o revés na Copa do Brasil, além de fazer renascer a desconfiança do torcedor, coloca ainda mais pressão para os confrontos pela Sul-Americana — nas quartas de final, o adversário é o Fluminense. Terminar o ano apenas com a conquista do Carioca seria um resultado muito aquém dos investimentos feitos pelo Rubro-negro.

Fla 4

FICHA TÉCNICA DO JOGO

F3la

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de setembro de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Ezequiel, Hudson (Cruzeiro); Pará, Guerrero (Flamengo)
Público: 61.017 torecedores
Renda: R$ 7.897.000,00

Penalidades: CRUZEIRO: Henrique – Gol. Léo – Gol. Hudson – Gol. Diogo Barbosa – Gol. Thiago Neves – Gol; FLAMENGO: Guerrero – gol. Juan – gol. Diego – Perdeu. Trauco – Gol

CRUZEIRO: Fábio, Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, Robinho (Rafinha), Thiago Neves e Alisson (Élber); Raniel (Arrascaeta)
Técnico: Mano Menezes

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Réver, Juan e Miguel Trauco; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Diego e Everton (Lucas Paquetá); Orlando Berrío (Rodinei) e Paolo Guerrero
Técnico: Reinaldo Rueda

 

-7wwwFonte: Jornal Extra

Além disso, verifique

Libertadores: Em busca do tri, Grêmio abre decisão contra o Lanús

Partida de ida acontece em Porto Alegre na noite desta quarta-feira. Com força total e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *