Ínicio / Tudo Aqui / Grande frente fria traz chuva para o Brasil no fim de semana

Grande frente fria traz chuva para o Brasil no fim de semana

Esta frente fria tem potencial para provocar temporais generalizados sobre parte do Sudeste.

09_

A última frente fria que passou pelo Brasil provocou temporais apenas no Sul do Brasil durante o dia 8 de agosto. Choveu até granizo! Suas nuvens carregadas e seu ciclone extratropical se afastam em alto-mar e não influenciam mais o país nos próximos dias.

Risco de ressaca destrutiva no Sul e no Sudeste

1ma

Uma situação de agitação marítima muito forte está sendo prevista para a costa do Sul e do Sudeste do Brasil no período entre 10 e 14 de agosto de 2017. O extenso e forte swell de sudeste/leste que se desloca pela costa brasileira nestes dias tem potencial para provocar ressaca muito forte, que não se viu este ano ainda. O litoral do Sul e do Sudeste podem ter ressaca tão forte e destrutiva como a que ocorreu no fim de outubro de 2016. A situação é de alerta total porque o mar estará extremamente agitado e muito alto, com ondas que podem alcançar picos de 4,0 a 6,0 metros.

Esta agitação marítima passa enfraquecida costa leste do Nordeste, mesmo assim poderá ocorrer ressaca a partir do dia 14 de agosto.

12

Perigo para pesca e comércio na orla

Pescadores, embarcações pequenas e médias devem evitar sair pelo mar nestes dias e checar com maior frequência os avisos de mau tempo da Marinha do Brasil. Além do mar agitado, os ventos fortes também serão um problema.

Quem tem quiosque nas praias deve tomar providências para evitar ou  minimizar possíveis prejuízos.

O tráfego das balsas que vão para a Ilhabela,pelo canal de São Sebastião, no litoral de São Paulo,  pode ser bastante afetado. O tráfego das balsas na região de Santo-Guarujá também deve ficar comprometido.

Surf

As grandes ondas esperadas para o litoral do Sul e do Sudeste vão desafiar os surfistas de big waves. Surfar o mar especialmente dos dias 11, 12 e 13 de agosto será muito perigoso e vai exigir extremo cuidado dos esportistas.

Risco para a baía da Guanabara

As ondas do intenso swell esperado para o período de 10 a 14 de agosto de 2017 terão direção preferencial de sudeste. Esta direção é a mais favorável para a entrada das grandes ondas dentro da baía da Guanabara, o que é pouco comum. A agitação do mar nos próximos dias poderá prejudicar o tráfego das balsas. O swell mais comum que passa pelo litoral do Rio de Janeiro é o que tem ondas das direções sudoeste/sul. Estas ondas batem fortes na região da Barra, mas não entram pela baía da Guanabara, ou avançam bastante enfraquecidas para dentro da baía.

Entenda porque o mar fica muito agitado entre 10 e 15 de agosto de 2017

Previsão da altura e da direção das ondas

Ondulação – S: de sul; SE: de sudeste; L: de leste; NE: de nordeste;

LITORAL DA REGIÃO SUDESTE

10/8/17 – mar subindo e ficando cada vez mais agitado até a noite

SP : ondas alcançam de 2,0 a 2,5 metros à noite. Ondulação S

RJ até Arraial do Cabo: ondas alcançam de 2,0 a 2,5 metros à noite. Ondulação S

RJ/Litoral norte: ainda sem alteração relevante; ondas com até 1,5 metro. Ondulação: SE/S

ES: ainda sem alteração relevante; ondas com até 1,0 metro. Ondulação: SE/S

11/08/17 – mar extremamente agitado e com ressaca em SP e parte do RJ

SP: ressaca; ondas de 3,0 a 4,0 metros. Ondulação SE (podem ocorrer picos de 4,5m no litoral norte)

RJ até Arraial do Cabo: ressaca; ondas de 3,0 a 4,0 metros. Ondulação SQSE (podem ocorrer picos de 4,5m)

RJ/Litoral norte: mar subindo no decorrer do dia e as ondas alcançam de 2,0 a 2,5 metros até a noite. Ondulação: S

ES: mar subindo no decorrer do dia. Ondas alcançam de 2,0 a 2,5 metros até a noite. Ondulação: S

12/08/17 – mar extremamente agitado e com ressaca

SP: ressaca; ondas de 3,0 a 4,0 metros. Ondulação SE

RJ: ressaca; ondas de 3,5 a 4,5 metros. Ondulação SE

ES: ressaca; ondas de 2,5 a 3,0 metros. Ondulação S/SE

13/08/17 – mar muito agitado e com ressaca

SP: ressaca; ondas de 3,0 a 4,0 metros. Ondulação SE/L

RJ: ressaca; ondas de 3,0 a 4,0 metros. Ondulação SE

ES: ressaca; ondas de 2,5 a 3,5 metros. Ondulação SE

14/08/17 – mar muito agitado e com menor risco de ressaca

SP: ressaca; ondas de 2,5 a 3,0 metros. Ondulação L

RJ: ressaca; ondas de 2,5 a 3,5 metros. Ondulação SE/L

ES: ressaca; ondas de 2,5 a 3,0 metros. Ondulação SE

15/08/17 – agitação é cada vez menor e não deve haver mais ressaca

SP: ondas de 1,5 a 2,0 metros. ondas diminuem no decorrer do dia. Ondulação SE

RJ: ondas de 1,5 a 2,0 metros. ondas diminuem no decorrer do dia. Ondulação SE

ES: ondas de 1,5 a 2,0 metros. ondas diminuem no decorrer do dia. Ondulação SE

Mas vem vindo aí outra frente fria, mais forte, que deve avançar pelo interior do continente. Esta frente fria tem potencial para provocar temporais generalizados sobre a Região Sul, mas desta vez a chuva avança sobre parte do Sudeste e do Centro-Oeste. Porém, não há expectativa de chuva para todas as áreas destas Regiões.

2g

Esta frente fria vai aliviar a secura e o calorão dos últimos dias em Mato Grosso do Sul e em parte de Mato Grosso. Os estados de São Paulo e de Rondônia também serão beneficiados com chuva. Mas esta frente fria não deve conseguir avançar para áreas como o Espírito Santo, o norte de Minas Gerais ou o Distrito Federal.

3t

Mais chuva
Entre os dias 16 e 20 de agosto, a passagem de outra frente fria pelo Sul do Brasil força mais áreas de instabilidade que voltam a se espalhar sobre várias áreas do Sudeste e sobre o Centro-Oeste. Com estas duas frentes frias, deve chover mais do que a média normal para o mês em vários locais do Sudeste, do Centro-Oeste e da Região Sul.

Os mapas mostram a estimativa de chuva para o Brasil até o dia 19 de agosto.

RedetvFonte: Climatempo

Além disso, verifique

Dica para sua ceia: Bacalhau cremoso

Prato leva requeijão e tem a consistência de um suflê. Ingredientes 1 kg de lombo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *